Outras Modalidades

RALLY RN 1500: Equipe Can-Am Monster Energy defende liderança no Nordeste

Escrito em 09/09/2020
Cesar Araujo


Com disputas em dois Estados, competição mergulha no calor e rusticidade do Sertão


Depois de vencer as quatro especiais e conquistar os dois primeiros lugares no Rally Jalapão, a equipe Varela Can-Am Monster Energy defende a liderança do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country durante o Rally RN1500, que será disputado em quatro dias a partir da próxima quinta-feira (10). A prova cruzará parte do Agreste e entrará no Sertão, duas das quatro sub-regiões em que se divide o Nordeste brasileiro.

O time baseado no interior de São Paulo dominou a primeira etapa do torneio, realizada há dez dias no interior da Bahia, e tem como desafio manter a liderança entre os UTVs, categoria mais numerosa e disputada do campeonato, que também conta com divisões para carros, motos e quadriciclos.

De quinta-feira a domingo, a competição irá de Campina Grande, na região conhecida como Agreste nordestino, até Mossoró (RN), já em pleno Sertão. Escolhendo os “piores” caminhos para desafiar equipes e máquinas, a prova oferecerá um trajeto total de 1.125km percorridos prioritariamente em trilhas e trechos selecionados por seu grau de dificuldade. Deste trajeto, 760km serão realizados no formato de especiais, ou seja, trechos cronometrados em alta velocidade.


Nosso início de temporada no Brasileiro de Cross-Country foi sensacional. Terminar a primeira etapa, no Rally Jalapão, com os dois primeiros lugares foi muito especial para a equipe. Temos muitas duplas fortes e um grid muito numeroso, com mais de 50 inscritos. Então vai ser difícil repetir o resultado. Mas nosso time está motivado e claro que vamos tentar!, comentou Bruno Varela, vencedor do Rally Jalapão pela equipe Can-Am Monster Energy ao lado do navegador Gustavo Bortolanza.

Vamos ter mais quatro dias bastante desafiadores esta semana, no RN1500. E temos que respeitar o Sertão nordestino, avalia Reinaldo Varela, que chegou em segundo na primeira etapa.

Utilizando outro UTV da equipe Can-Am Monster Energy, Reinaldo conta com a navegação de Gustavo Gugelmin, com quem conquistou o terceiro título mundial em 2019.

 


Campina Grande tem um clima mais ameno, mas ao entrar na região do Sertão vamos enfrentar temperaturas entre 35 e 40oC diariamente. Será uma prova cansativa e exigente, mas temos o que é preciso para chegar bem, continua o piloto da equipe Can-Am Monster Energy.

Na primeira etapa, a equipe venceu duas especiais com Bruno Varela/Gustavo Bortolanza, uma com Reinaldo/Gugelmin e a quarta delas com Gabriel Varela/Eduardo Shiga. O time conta ainda com a dupla formada por Rodrigo Varela e Gunar Dums, que enfrentou problemas técnicos logo no primeiro dia. Confira o roteiro e a classificação do campeonato dos UTVs:

 


Rally RN1500
2ª etapa do Brasileiro de Cross-Country

10/09: Campina Grande (PB) a Campina Grande (PB)
Deslocamento inicial: 45km
Especial: 142km
Deslocamento final: 45km
Total: 233km

11/09: Campina Grande (PB) a Parelhas (RN)
Deslocamento inicial: 74km
Especial: 191km
Deslocamento final: 35km
Total: 300km

12/09: Parelhas (RN) a Mossoró (RN)
Deslocamento inicial: 33km
Especial: 209km
Deslocamento final: 47km
Total: 289km

13/09: Mossoró (RN) a Mossoró (RN)
Deslocamento inicial: 10km
Especial: 217km
Deslocamento final: 75km
Total: 302km

Total Geral
Deslocamentos: 365km
Especiais: 760km
Percurso: 1.125km

Classificação do Brasileiro de Cross-Country após uma etapa:
Categoria UTV 1

1º – Bruno Varela/Gustavo Bortolanza – 75 pontos
2º – Denísio do Nascimento/Idali Bosse – 65
3º – Gabriel Varela/Eduardo Shiga – 64
4º – Richard Fliter/André Munhoz – 55
5º – Rodrigo Varela/Gunar Dums – 55

Categoria UTV Over Pro
1º – Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin – 78
2º – Aristides Mafra/Breno Rezende – 69
3º – Edu Piano/Fausto Dallape – 61
4º – Leandro Torres/João Arena – 41
5º – Cristiano Batista/Robledo Nicolleti – 19