Mundial de Enduro procura um novo promotor

Escrito em 20/09/2020
Cesar Araujo

Há muito tempo havia rumores que a mudança se aproximava. Já no verão passado, a FIM anunciou sua intenção de trabalhar no futuro do enduro mundial, a fim de colocar a modalidade de volta em um clima favorável ao seu desenvolvimento. 



Enquanto o campeonato EnduroGP 2020 inicia na França neste fim de semana, a ABC Communication confirmou que esta temporada será a última do promotor francês no que diz respeito ao enduro mundial. O ABC também permanecerá no comando do campeonato mundial de SuperEnduro até pelo menos 2024.

Depois de tentar, sem sucesso, encontrar um consenso em junho de 2019 com a KTM e os promotores da WESS (World Enduro Super Series), a FIM declarou guerra a esta competição paralela. A federação internacional disse então que se preparava para lançar dois campeonatos: um de EnduroGP, até agora realizado pela ABC Communication, e outro para a promoção de uma futura Taça do Mundo de Enduro Extremo.



O que sabemos hoje é que o ABC deixará de ser promotor do EnduroGP em 2021, quando a FIM pretende garantir a sua promoção enquanto busca um novo promotor que chegaria, portanto em 2022.

 


É com muita tristeza, mas guiados pela razão, que tivemos que tomar a decisão de não renovar o contrato para a promoção do Mundial de Enduro FIM e suas Copas do Mundo a partir do final do ano de 2020 e não aceitar a proposta da FIM para o ano de 2021, lamenta Bastien Blanchard. A ABC Communication está ligada ao Enduro desde 2004 e viveu uma grande aventura nessa disciplina durante todos esses anos. Orgulhamo-nos de trazer a nossa experiência, o nosso entusiasmo e o nosso profissionalismo a esta apaixonada disciplina, graças a uma equipa excepcional que sempre deu o melhor de si. Queremos agradecer a FIM pela confiança em mais de quinze anos.