MXSX Nacionais

Cerca de 18 mil pessoas compareceram na 4ª etapa do BRMX em Fama-MG

Escrito em 24/06/2019
CBM

Fama-MG - O Campeonato Brasileiro de Motocross encerrou neste domingo, 23 de junho, sua quarta etapa na cidade de Fama-MG. O Sul de Minas ficou agitado com os pegas emocionantes da principal competição de motocross da América Latina. O público compareceu em peso no final de semana. Durante os dois dias de evento compareceram aproximadamente 18 mil pessoas que acompanharam de perto as disputas das categorias MX1, MX2, MX3, MXJR, MX2JR, 65cc e MX Elite, realizadas neste domingo e as provas da MX4, MX5 e 50cc realizadas no sábado.

Pela MX3, o líder da bateria Roosevelt de Freitas teve problemas com a moto logo na segunda volta e precisou abandonar a prova, vantagem para Markolf Berchtold que fez boas ultrapassagens e assumiu a primeira posição. Jhonatan Batista, líder do campeonato terminou a prova em terceiro lugar, mas ainda se mantem na liderança da competição com  quatro pontos do vice, Willian Guimarães.

 


MX3

1- Marcos Vinícius
2- Markolf Berchtold
3- Jhonatan Batista
4- Willian Guimarães
5- Claudner Rocha

 


O piloto Felipe Menezes se manteve na liderança em praticamente toda a prova da categoria 65cc e garantiu com tranquilidade o lugar mais alto do pódio. A disputa pelo segundo lugar entre Bernardo Tibúrcio e Pietro Dalla agitou o público presente.

65CC

1- Felipe Menezes
2- Bernardo Tibúrcio
3- Pietro Dalla 
4- Bruno Leal
5- José Bráulio


Pela MXJR Vitor Hugo chegou a fazer uma boa largada, mas caiu logo na primeira curva perdendo a posição para Peterson Filho. Na prova de recuperação o piloto fez um block pass num pega com o piloto Henrique Henicka, o que aumentou a adrenalina da disputa e também do público. O líder da prova, Peterson Filho foi surpreendido por um problema na motocicleta e perdeu a posição para Guilherme Bresolin, que terminou a prova na primeira posição.

MXJR

1- Guilherme Bresolin
2- Gabriel Vinicius
3- Henrique Henicka
4- Garmichel Rodrigues
5- Luiz Filipe Rocha


A prova da MX2JR foi realizada com a primeira bateria da MX2. Gates lotados marcaram a disputa. Pela MX2JR, Joaquim Neto garantiu a vitória e também se manteve na liderança do campeonato.

 

MX2JR

1- Joaquim Neto
2- Gabriel Andrigo
3- Rafael Ribeiro
4- João Victor Alves
5- Pedro Magero

 


A  primeira bateria da MX1, foi marcada por uma prova de recuperação do equatoriano Jetro Salazar, da equipe Honda, que apesar de não ter feito uma boa largada, conseguiu terminar na vice-liderança da competição. Pela MX2, Léo Souza, da equipe Honda fez uma boa largada na primeira bateria da MX2, mas não demorou muito para ser ultrapassado pelo atual campeão brasileiro da categoria, Fábio Santos, o Moranguinho, da equipe Yamaha. A decisão das categorias ficou para definir na prova da MX Elite, na qual é realizada a segunda bateria de ambas categorias. Pela MX1, a equipe azul predominou o pódio tendo Paulo Alberto na primeira posição, Carlos Campano com o segundo lugar e Jean Ramos na quinta posição. O terceiro e quarto lugar ficou com a equipe Honda, representada pelos pilotos Jetro Salazar e Hector Assunção, respectivamente. Já pela MX2, a equipe vermelha dominou o pódio. Moranguinho (Yamaha) confirmou o bom desempenho e levou a vitória do dia na primeira posição, seguido por Lucas Dunka (equipe Honda), Frederico Spagnol, Léo Souza (Honda) e Matheus Klysman (Honda). O português Paulo Alberto também garantiu o lugar mais alto do pódio pela MX Elite.

 



Elite MX

1- Paulo Alberto
2- Carlos Campano 
3- Hector Assunção 
4- Jetro Salazar
5- Fábio Santos 

 

MX1

1- Paulo Alberto
2- Carlos Campano
3- Jetro Salzar
4- Hector Assunção 
5- Jean Ramos

 

MX2

 

1- Fábio Santos 
2- Lucas Dunka
3- Frederico Spagnol
4- Leonardo Souza
5- Matheus Klysman

 

O Campeonato Brasileiro de Motocross segue para sua próxima etapa dia 18 de agosto em Faxinal – PR, com o patrocínio da Honda, Rinaldi, Yamaha, IMS, Circuit, MRP e apoio da Uniart Troféus. As competições serão transmitidas ao vivo pelo canal CBMTV.