Preparativos para início do Brasileiro de Motocross demandam mudanças e adaptações

Escrito em 22/08/2020
Cesar Araujo


Depois de meses aguardando a liberação dos órgãos de saúde competentes, o Campeonato Brasileiro de Motocross já tem sua etapa inicial agendada para o final do mês de setembro, em provas que serão realizadas no Kartódromo Beto Carrero, pista anexa ao famoso parque de diversões, na cidade de Penha, em Santa Catarina.

A primeira e segunda etapas do Campeonato Brasileiro de Motocross estão agendadas para os dias 27 de setembro e 4 de outubro e em virtude da atual situação que todos estamos vivendo, a necessidade de adaptação e reestruturação leva em conta, principalmente, o bem estar e a saúde dó todos os envolvidos nas competições, como pilotos, equipes técnicas e equipes de trabalho.

O Campeonato Brasileiro de Motocross, em suas 2 (duas) primeiras etapas, não contará com nenhum aporte financeiro público, seja de Prefeitura ou Governo do Estado e não contará com a presença de público, o que elimina a arrecadação do promotor local.

Devido a isso, para as duas primeiras etapas do campeonato – que vão acontecer em finais de semana seguidos a administração do parque Beto Carrero fixou uma diária no valòr de R$ 60,00 (sessenta reais) aos participantes que utilizarem energia elétrica e água da estrutura do kartódromo.

Esse valor será cobrado por veículo que necessitar desses serviços e a cobrança, bem como as responsabilidades sobre o fornecimento desses serviços, são de competência do parque não tendo nenhuma participação da CBM sobre os valores arrecadados e os serviços ofecidos.