+ Notícias

Mais uma da série MOTOCROSS DAS NAÇÕES 2018

Escrito em 21/09/2018
Cesar Araujo


Mais uma da série MOTOCROSS DAS NAÇÕES 2018

Quase 20 anos mais de 100 corridas, mais de 5000 largadas na primeira curva, mais de 1.000.000 de fotos.

Diversos campeonatos, racing duas rodas , Motocross, Rally, freestyle, Motovelocidade, Enduro, 
alguns países, vários estados, centenas de cidades, milhares de Km rodados, de carro, moto, carona, ônibus, trem, avião, bicicleta até mesmo a pé, calor escaldante, frio, chuva tempestade.

Brasileiro de motocross é o meu preferido!
Fotografando a 19 anos, sem faltar nenhuma etapa, NENHUMA ETAPA, não sou o mais velho, 
mas acho que o mais frequente,
já vi e ouvi bastante coisa.

Milhares de amigos, muitas risadas, muitas corridas boas, diversos pilotos bons, não vou citar nomes, pois ficaria aqui horas escrevendo nomes de pilotos ou melhor de estrelas, meus ídolos.

MXoN, 10 anos sem faltar nenhuma, ajudando levar o Team Brasil a 7 anos.

Aprendi uma coisa nesses anos de Motocross das Nações.

A única forma de vencer uma discussão é evitá-la.
Nossa maior fraqueza está em desistir. 
O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez.

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer ou ter coragem pra fazer.

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que nos prometeram
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.

Fácil é ditar regras.
Difícil é segui-las.
Ter a noção exata de nossas próprias atitudes, ao invés de ter noção das atitudes dos outros.

Fácil é dizer que eu fiz, eu levei.
Difícil e fazer sem dinheiro.

Fácil é dizer que eu classifiquei o time.
Difícil e subir na moto é acelerar é falar o nome de piloto que de a vida e defendendo o Brasil no Motocross.

Fácil é dizer que é empresário do motocross.
Difícil e ajudar o esporte.

Fácil é dizer que ama o motocross.
Difícil e se humilhar para ajudar o esporte.

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.

Quem quer fazer algo encontra um meio, quem não quer fazer nada arranja desculpas.

Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer.

A sim Claro ,
ia me esquecendo,
não poderia deixar de agradecer a cada um de vocês invejosos, mal agradecidos que dizem que fazem algo e amam o esporte motocross.
Se não fossem vocês eu não saberia quem são os verdadeiros.

E muito obrigado aos verdadeiros. Nós somos a maioria.
Se você não puder ajudar o esporte, a industria do motocross do Brasil meu camarada,
por favor não atrapalhe quando você não puder fazer o bem, 
o melhora fazer é se afastar e não praticar o mal.
Fica a Dica!

Lamento aqueles que têm um ar de inteligentes e uma promessa que se não pode cumprir.

Obrigado a todas as pessoas que contribuíram para o sucesso e o crescimento do nosso esporte de alguma maneira. 
Resultado da confiança e da força de cada um de vocês.

Acelera Brasil!!!!

Vamos torcer pelos nossos atletas que estão se dedicando a anos pelo esporte do qual amamos MOTOCROSS,

O Brasil esta torcendo por vocês. Enzo LopesGustavo Pessoa e Fabio Santos.

👏👏👏👏👏